quarta-feira, 16 de abril de 2014

Está rolando na net...


Raquel Sheherazade ...

Artigo transcrito na íntegra do ótimo A BESTA FUBANA (http://www.luizberto.com/coluna/a-palavra-do-editor) inclusive a imagem e o vídeo com o bichim Polodoro.

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

ENFIM, DE BOCA TAPADA




Hoje está fazendo exatamente uma semana. O fato assucedeu-se a 9 de abril, quarta-feira passada.

Naquele dia, a jornalista Rachel Sheherazade recebeu homenagem da Câmara Municipal de João Pessoa. No seu discurso, Rachel criticou os trogloditas que tentam calar sua voz e elogiou o patrão, Silvio Santos, que lhe dava plena liberdade de opinião no telejornal do SBT, entre várias outras revelações interessantes.



Mas, conforme vimos no noticiário recente, tudo mudou da água pro vinho. O obscurantismo - que tem terreno fértil no Socialismo Muderno pra prosperar -, ávido por sufocar a liberdade de expressão, implantar o “controle social da mídia” e reestabelecer a tenebrosa censura, mexeu com os pauzinhos por debaixo dos panos e agiu com eficácia pra pressionar o SBT.

Escutem, na integra o discurso de Rachel e, em seguida, continuem lendo esta postagem:






Ouviram o que ela disse?

“Poderosos que querem me calar”… “Chantageada por partidos políticos”… “Jornalistas questionando o meu direito de me expressar”… “Ameaçada de estupro”…


Num é de lascar um negócio desses???!!!

Quando foi na segunda-feira passada, dia 14, o SBT divulgou a seguinte nota:

“Em razão do atual cenário criado recentemente em torno de nossa apresentadora Rachel Sheherazade, o SBT decidiu que os comentários em seus telejornais serão feitos unicamente pelo Jornalismo da emissora em forma de Editorial. Essa medida tem como objetivo preservar nossos apresentadores Rachel Sheherazade e Joseval Peixoto, que continuam no comando do SBT Brasil”.
Rachel Sheherazade com um Xis Vermêio tapando sua boca,
 consequência de um ataque da Sídrome de Pânico Conspiratório

Tão vendo???!!!
Depois da veemente defesa que Rachel fez de Silvio Santos e do SBT, o milenar apresentador num aguentou a pressão dos puderosos de plantão. Senão iria perder as gordas verbas publicitárias oficiais e, em caso extremo, a concessão do seu canal de televisão. Só o que o SBT fatura com os reclames da Petrobras, de manhã, de tarde e de noite, fez Silvio Santos mijar pra trás.
Venha pro JBF, Raquel, as portas estão abertas pra você!
Uma bovina inútil que exigiu com veemência que a boca de Rachel fosse tapada, foi a diputada Jandira Feghali, a jurássica cumunista adoradora da tirânica ditadura coreana-do-norte e canonizadora do dinossauro Stalin. Uma liberticida cujo partido, o PCdoB, tem um passivo de guabirutagens no Ministério dos Esportes que causa inveja até mesmo aos petralhas.
Os idiotários zisquedóides e os zintelequituais banânicos estão cobertos de razão pelo ódio que devotam ao jornalista Reinaldo Azevedo. Com o proverbial e reconhecido vazio que eles tem entre uma e outra orelha, incapazes de juntar duas palavras coerentemente e elaborar um raciocínio lógico, os tabacudinhos não dão uma dentro. E Reinaldo, com uma clareza e uma precisão cirúrgica, enfia sempre no furico deles uma pajaraca de grosso calibre, sem cuspe e sem pena, rasgando pregas impiedosamente. O time dos vermêios de cérebros baldios relincha que só a porra, mas Reinaldo é sempre cruel com a jumentice político-ideológica banânica.
Se os asnos zisquerdistas banânicos não tivessem mais qualquer outro motivo pra escoicear contra aquele jornalista, apenas este pequeno texto que ele escreveu sobre o assunto desta postagem já seria suficiente:
“Em lugar de Rachel Sheherazade, o SBT poderia contratar para fazer comentários a deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ). Ela, sim, seria verdadeiramente imparcial e civilizada, não é mesmo? Cito seu nome porque ela decidiu recorrer até ao Ministério Público contra a jornalista.
Que pena que Sheherazade não é chefe de alguma ONG que atua no setor esportivo e recebe dinheiro dos cofres públicos, simula despesas que não existem, arruma alguns laranjas e torra a grana em programas que nunca saíram do papel!!! Se fosse assim, certamente encontraria em Jandira uma defensora implacável, com aquela fé inquebrantável que só uma verdadeira “comunista do Brasil” consegue ter.
Agora o SBT calou as opiniões da jornalista. Jandira está feliz. Está no seu elemento. Se é membro do PCdoB e na hipótese de ser mesmo uma comunista tardia, não apenas uma oportunista, isso quer dizer que é ainda stalinista. E o stalinismo não reconhece, é evidente, a liberdade de expressão como um valor.
Sempre que alguém que vive do que outros produzem consegue calar quem ganha o seu próprio sustento, o meu senso de justiça se assanha, entendem?”
Vamos botar Polodoro pra rinchar em homenagem a todos que apoiam, aplaudem e votam nos felas-da-puta que conseguiram calar a voz de Rachel, que batalham pela censura e que lutam pra estabelecer o “controle social da mídia”.
Enfim, os descerebrados vermêios de Banânia.
Rincha, Polodoro ! ! !



A CPI faz-se necessária

Por Merval Pereira. Publicado em O GLOBO em 16ABR2014.
Transcrito do Blog do Murilo.

CPI necessária
O depoimento da presidente da Petrobras, Graça Foster, serviu para reforçar a necessidade da CPI pedida pela oposição, em vez de desanuviar o ambiente político, como pretendia o Palácio do Planalto. Ela confirmou que um mau negócio foi autorizado pelo conselho da empresa sem que seus membros tivessem os dados completos para analisar.

Duke


Ao admitir que o prejuízo da compra da refinaria de Pasadena, nos EUA, foi de US$ 500 milhões, Graça só complementou com números o sincericídio da presidente Dilma, que havia admitido semanas antes que desconhecia duas cláusulas contratuais que considerou danosas aos interesses da Petrobras: a que obrigava uma das partes a comprar os demais 50% da companhia em caso de litígio, e a que garantia à vendedora um rendimento fixo ao ano próximo a 7%, independentemente dos resultados.

Não foi à toa que as ações da Petrobras começaram a cair na Bolsa de SP durante o depoimento no Senado. É preciso saber por que um mau negócio foi feito com documentos falhos, e a quem interessou no momento levar o conselho da Petrobras a tomar decisão errada.

Son Salvador


É preciso esclarecer também por que diretores nomeados por pressões políticas foram responsáveis por decisões tão delicadas. O governo Dilma tenta se livrar de culpa, mas leva à suspeição de que pelo menos em gestões anteriores, no governo Lula, a política dominou as ações dentro da Petrobras.

Graça garantiu que em sua gestão não há diretores nomeados por critérios políticos, que todos são técnicos reconhecidos na empresa e no mercado profissional. Que assim seja. Mas é preciso que a CPI investigue desde quando, e até quando, as decisões políticas prevaleceram na empresa, e suas consequências.

Clayton


O ex-diretor Paulo Roberto Costa, por exemplo, está preso e será indiciado por diversos crimes: lavagem de dinheiro, evasão de divisas, fraudes em licitações, corrupção ativa e passiva, formação de quadrilha. É preciso investigar com independência para saber desde quando ele atuava nesses ramos, e que outros prejuízos causou à Petrobras.

Sabe-se que o indigitado diretor estava anteriormente em situação peculiar na empresa, encostado em cargo desimportante justamente porque era reconhecido no meio em que trabalhava como não confiável.

Sponholz


Por que o presidente José Gabrielli, ao assumir, saído de uma escolha petista, retirou-o do limbo para colocá-lo na importante Diretoria de Operações?

Outro caso intrigante, para dizer o mínimo, é o de outro diretor, Nestor Cerveró, demitido nada menos que oito anos depois dos fatos ocorridos. Ele foi o autor do relatório tecnicamente falho que levou o conselho da Petrobras, presidido pela então ministra Dilma Rousseff, e composto por empresários do porte de Jorge Gerdau e Fabio Barbosa, a tomar a decisão errada.

Sponholz


Quando se descobriu, dois anos depois, que a cláusula de obrigatoriedade de compra da outra metade da refinaria seria prejudicial à Petrobras, Cerveró foi punido, segundo explicou ontem Graça: foi transferido para a Diretoria Financeira da Petrobras Distribuidora.

Que poderes tinha Cerveró, ou seu padrinho, para protegê-lo dessa maneira, contra todas as evidências? Como se vê, a necessidade de uma CPI independente só fez aumentar depois que a presidente da Petrobras esteve no Senado tentando acalmar os ânimos.

domingo, 13 de abril de 2014

Banksy - uma pequena mostra

Série [A]Mostra de Humor
Especial Gênios do Traço


BANKSY



Banksy é o pseudônimo do grafiteiro, pintor, ativista político e diretor de cinema inglês, Robert Banks. Sua arte de rua satírica e subversiva combina humor negro e graffiti feito com uma distinta técnica de estêncil




http://www.banksy.co.uk/





https://www.facebook.com/banksy






http://www.youtube.com/user/banksyvideo




http://pt.wikipedia.org/wiki/Banksy







A Semana

Amarildo


Dálcio

Rico



Paixão




ZOP


Amorim


Aroeira


Frank



Pelicano


Gilx

Sponholz

Paixão


Renato


Tiago Recchia